Notícias

Encontro de trabalho reunindo gestores de UCs define um ranking daquelas com maior potencial de visitação

Em 12 de abril, o PAPP proporcionou um encontro de gestores de algumas Unidades de Conservação com a finalidade de validar uma metodologia desenvolvida por Thiago do Val Simard Beraldo de Souza, em colaboração com Ernesto Viveiros de Castro, ambos do próprio ICMBio, e Brijesh Thapa, da Universidade da Flórida – USA, no sentido de estabelecer um ranking do potencial de visitação das UCs brasileiras. Justamente um dos objetivos parciais do PAPP.

O evento, permitiu não apenas a validação da metodologia, como a apresentação do resultado do Ranqueamento de 94 Unidades, entre Parques e Florestas Nacionais, e a introdução do processo metodológico para classificação das demais Unidades.  Realce-se todavia que das 326 UCs 71 são PARNAS e 65 são FLONAS e nessas Unidades reside o maior potencial de visitação e, portanto, de foco de interesse para Parcerias.

O estudo avalia o ambiente interno das UCs – em aspectos biofísicos ( variedade natural e cultural; atratividade cênica); sociais (diversidade de atividades, número de encontros); e de manejo (infraestrutura de uso público e serviços de uso público)  – e o ambiente externo  em aspectos biofísicos (atrativos regionais, acesso público); sociais (contexto socioeconômico densidade populacional); e de manejo (estabelecimentos turísticos).

Para conhecer o Resumo do estudo apresentado e validado na ocasião e o ranking estabelecido para as 94 UCs pesquisadas, acesse aqui a biblioteca.

 

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
0 comentários ‹ Voltar

Você precisa fazer o para publicar um comentário.

Aguarde...